Empresa de ônibus suspende atividade, nesta terça-feira(19)

Um total de 25 linhas de transporte coletivo estão paradas, após protesto de rodoviários, nesta terça-feira (19). Os funcionários se concentram na porta da empresa de ônibus Ratrans, localizada na Avenida Casemiro Júnior, bairro Santa Cruz, na capital. Nenhum ônibus saiu da garagem da empresa. Os funcionários afirmam que a empresa não está cumprindo os direitos trabalhistas, vigorados pela Convenção Coletiva de Trabalho.

Eles reivindicam pagamento do salário, que estaria atrasado; e a volta dos tickets alimentação, que foi suspenso pelos empresários. Ainda segundo os rodoviários, eles não têm férias há cinco anos; e estão sem depósito do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) há oito anos. Os rodoviários dizem que só devem retornam às suas funções, quando todas as reivindicações forem atendidas.

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), em nota, informou que não foi comunicada da paralisação e que, de forma emergencial, está remanejando frota de outras concessionárias para que a população seja atendida.

Justiça determina indisponibilidade de bens de ex-prefeita e leiloeiro

Respondendo ao pedido do Ministério Público do Maranhão (MPMA), a justiça determinou a indisponibilidade dos bens de envolvidos na alienação irregular de uma picape Toyota Hilux. O veículo pertencia ao Fundo Municipal de Saúde da cidade de Arame. Também foi determinada a busca e apreensão do veículo.

A decisão é da juíza Selecina Locatelli e atende à Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa. Com a decisão, também devem ser bloqueados os bens da ex-prefeita Jully Hally Menezes e do proprietário da PH Leilões, Pedro Hypólito Lobo. O novo proprietário do veículo, Raimundo José Silva, deverá, ainda, ter seus bens bloqueados.

A Ação deferida foi baseada na denúncia de um ex-vereador de Arame, relatando ilegalidade na alienação do veículo, que não foi autorizada pela Câmara Municipal. No sistema do Departamento de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), Raimundo Silva figura como proprietário da Hilux, desde o dia 16 de setembro de 2020.

O ex-vereador também relatou o desaparecimento de uma pá carregadeira. Foram apresentadas, ainda, a nota de aquisição da picape por R$ 174 mil e a lista de proprietários do veículo, chamada de cadeia dominial.

O MPMA pediu que a PH Leilões apresentasse toda a documentação ao Edital de Leilão nº 005/2018, que teria ocorrido em 20 de junho de 2020 e resultado na transferência do veículo. Também foi solicitada a apresentação de eventuais contratos assinados, publicações de editais, documentos dos compradores dos bens leiloados e atas, entre outros itens referentes ao leilão.

Golpes pela internet em São Luís crescem 50%

Os crimes virtuais cresceram cerca de 50% nos últimos dois anos em São Luís, segundo o Departamento de Crimes Tecnológicos da capital. Por isso, o departamento alerta sobre os golpes e traz orientações para evitar ser vítima dos criminosos na internet.

Este tipo de crime chega por meio de mensagens de celular, na maioria das vezes. Nos últimos anos, os criminosos investiram na internet para golpes. O do link falso, por exemplo, instala um vírus no celular, que acaba roubando dados da vítima e tudo através de mensagens.

“Nos dias de hoje, o que mais temos que ter é a preocupação com torpedos, que são disparados em grande quantidade, principalmente, referente a questões financeiras. Informam que foi feito uma compra e, se você não fez essa compra, clica nesse link. Bancos não mandam torpedos com links”, disse o delegado Odilardo Muni, titular da DCT.

O delegado indica que o certo é manter contato diretamente com o próprio banco, por meio dos números de telefone e sempre ficar atento a links que podem ser falsos.

CPI da Covid: Bolsonaro pode ser apontado por 11 crimes

Relatório final da CPI da Covid será conhecido na próxima terça-feira, 19. O relator Renan Calheiros está na fase final dos trabalhos e já definiu que vai pedir indenização para os órfãos de vítimas da covid-19. O senador quer o pagamento de pensão durante 21 anos por parte da União.

Jair Bolsonaro deve ser acusado de 11 crimes: epidemia com resultado morte; infração de medidas sanitárias; emprego irregular de verba pública; incitação ao crime; falsificação de documento particular; charlatanismo; prevaricação; genocídio de indígenas; crimes contra a humanidade; crimes de responsabilidade; e homicídio por omissão.

Ex-ministro da Saúde, o general Eduardo Pazuello será apontado como responsável por seis crimes na condução do combate à pandemia do novo coronavírus no Brasil: epidemia com resultado morte; incitação ao crime; emprego irregular de verbas públicas; prevaricação; comunicação falsa de crime; genocídio de indígenas; e crimes contra a humanidade.

O relatório de Renan Calheiros também responsabilizará coronel Élcio Franco, que era adjunto de Pazuello na Saúde, e mais 40 nomes com ligação com o governo federal.

Inscrições para seletivo do Hospital da Ilha encerram na segunda (18)

As inscrições para seletivo de profissionais de nível médio, técnico e superior para exercer atividades no Hospital da Ilha, em São Luís, prosseguem até segunda-feira (18). As remunerações variam de R$ 1.100 a 7.649, dependendo do cargo.

O processo seletivo simplificado Nº 15/2021 é realizado pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh) e visa contratação temporária e formação de cadastro reserva. Estão sendo ofertadas quase mil vagas.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até às 23h59min do dia 18 de outubro pela internet. Para realização da inscrição os candidatos deverão preencher em sua totalidade as informações solicitadas e preenchimento da vaga que pretende concorrer, após a finalização da inscrição o candidato deverá imprimir a ficha de inscrição. Ela será um item obrigatório para apresentação no ato da entrega de comprovação de título e experiência.

VAGAS

Há vagas para Agente de Portaria, Assistente Administrativo, Assistente Social, Auxiliar de Almoxarifado, Auxiliar de Farmácia, Auxiliar de Hotelaria, Bioquímico/Biomédico, Bombeiro Civil, Despenseiro, Enfermeiro, Enfermeiro do Trabalho, Enfermeiro Especialista do Centro Cirurgico, Enfermeiro Especialista em Estomoterapia, Enfermeiro Especialista em Nefrologia, Enfermeiro Especialista em Cardiologia, Enfermeiro Terapia Intensivo Adulto, Enfermeiro Terapia Intensivo Pediatrico, Engenheiro Civil, Engenheiro Clínico, Engenheiro de Segurança do Trabalho e Engenheiro Eletricista.

Há vagas também para Farmacêutico, Fisioterapeuta, Fisioterapeuta Especialista em Terapia Intensiva Adulto, Fisioterapeuta Especialista em Terapia Intensiva Pediatria, Fonoaudiólogo, Lactarista, Maqueiro, Motorista, Nutricionista, Odontólogo, Ouvidor, Operador de Aplicativo, Psicólogo, Recepcionista, Técnico em Enfermagem, Técnico em Automação Industrial, Técnico em Imobilização Ortopédica, Técnico em Laboratório, Técnico em Manutenção Predial, Técnico em Nutrição, Técnico em Radiologia, Técnico em Segurança do Trabalho, Telefonista Call Center, Terapeuta ocupacional.

Dia do Comerciário: O que funciona em São Luís

O Dia do Comerciário, que será comemorado na próxima segunda-feira (18). A data vai mudar o funcionamento dos estabelecimentos nas cidades da Grande Ilha, que estarão fechados. É o que prevê a Convenção Coletiva de Trabalho assinada pela Fecomércio e o Sindicomerciários.

Segundo a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Maranhão (Fecomércio-MA), lojas de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa, não abrirão as portas, em função do feriado.

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de São Luís, também informou que o comércio não vai funcionar na capital, neste dia. O feriado está previsto na Convenção Coletiva de Trabalho da categoria.

Tradicionalmente comemorado na penúltima segunda-feira do mês de outubro, o Dia do Comerciário é determinado como um dia de descanso remunerado para os trabalhadores do comércio da capital, ficando vetada a abertura das lojas nesse dia.

Josimar de Maranhãozinho é apontado em esquema de venda de emendas

O deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) está envolvido em suposto esquema de compra e venda de emendas parlamentares. Além dele, outros dois parlamentares maranhenses são alvos da investigação, que é conduzida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a nova forma de corrupção.

Pelo esquema, o parlamentar paga para que seus pares destinem suas emendas aos municípios que ele controla. Quando o dinheiro chega prefeitura, é desviado, sob forma de contratos fictícios, para empresas ligadas ao político comprador das emendas. As verbas negociadas servem para uma sorte de utilidades, que vai desde a compra de apoio político, até a manutenção de ‘caixa dois’ para campanhas eleitorais.

O negócio é feito com dinheiro de emendas próprias dos deputados ou de outros parlamentares que topam negociar as suas, em troca da devolução, por fora, de uma parte do dinheiro. Segundo os investigadores, os desvios chegariam a mais de 160 milhões de reais.

Com as emendas, os parlamentares têm a chance de destinar recursos aos seus redutos eleitorais. Na prática, é como se o governo terceirizasse a atribuição de gerir o orçamento. Isso abre caminho para que aliados façam o que bem entendam com os recursos públicos.

Golpistas usam perfil do presidente da FMF para pedir dinheiro

O presidente Federação Maranhense de Futebol (FMF), Antônio Américo Gonçalves, denunciou que, suspeitos estão usando um perfil falso, no WhatsApp, com a foto dele, para pedir dinheiro.

Antônio Américo alertou seus contatos. “Tem um pilantra tentando dar um golpe se passando por mim, usando a minha foto em um número desconhecido, por favor, não façam nenhum depósito”, postou no aplicativo.

Os suspeitos teriam conseguido uma cópia da agenda pessoal de contatos de Antônio Américo e enviaram mensagens, a partir de um outro número de celular, com a foto dele. Foram vários pedidos de dinheiro a conhecidas do presidente da FMF.

Ao abordar os contatos, o golpista diz se tratar de um número novo, separado apenas para trabalho, e que precisa realizar um pagamento ainda na data deste sábado (16). Alega que não possui limite suficiente para este dia e faz o pedido de valores que chegaram a R$ 950 para alguns contatos da vítima.

Nessa ação criminosa, os golpistas não clonam o WhatsApp, mas criam um perfil falso usando o mesmo nome e foto do usuário, com um número de telefone diferente. A partir disso, os estelionatários procuram contatos de pessoas próximas e inventam alguma história para justificar a troca de número e pedem depósitos em dinheiro.

“Não terá aumento de passagem de ônibus em São Luís”, diz Braide

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), anunciou que a passagem de ônibus não vai aumentar. É uma resposta aos empresários que já davam como certo o aumento da passagem para R$ 4,80. Os rodoviários anunciaram greve para dia 21, por tempo indeterminado.

“Não terá aumento de passagem de ônibus em São Luís! O momento é de melhorarmos a qualidade dos serviços. ‘Pra isso, estamos trabalhando todos os dias”, escreveu.

O Sindicato das Empresas de Transportes (SET) justificou o aumento por “não haver subsídio por parte da prefeitura e a ajuda do Governo Federal terminou em setembro”.

Na lista de pedidos dos rodoviários está 13% de reajuste salarial; jornada de trabalho de seis horas, ticket alimentação no valor de R$ 800; manutenção do plano de saúde com inclusão de um dependente; e auxílio creche, para trabalhadores com filhos pequenos.

Em São Luís, o valor de R$3,70 praticado no sistema de transporte público ainda é desde 2019.

 

 

Absorventes serão distribuídos a estudantes, no Maranhão

Estudantes no Maranhão vão receber absorventes, nesta sexta-feira (15), no Centro Educa Mais Dorilene Silva Castro, às 9h30. A ação é do Governo do Estado, com objetivo de combate à pobreza menstrual. Cerca de 163 mil meninas de escolas da rede pública estadual, nos 217 municípios, serão alcançadas.

Serão distribuídos oito absorventes higiênicos por mês para cada estudante, totalizando 1,3 milhão de itens distribuídos mensalmente, por um período de 12 meses.

“Por determinação do governador Flávio Dino vamos combater esse problema que coloca em risco a saúde física e mental de meninas e causa a evasão escolar. Enfrentaremos essa dificuldade com uma política pública séria, que melhorará a qualidade de vida de muitas meninas que não têm acesso a esse produto de higiene”, destacou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.