Carlos Lula anuncia proibição de ônibus interestaduais em entrevista no Brasil Urgente da Band Maranhão

O governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) anunciou, nesta quinta-feira (19), a proibição de ônibus interestaduais como medida de prevenção contra o coronavírus. A informação foi dada em 1ª mão pelo secretário de Saúde Carlos Lula em entrevista ao programa Brasil Urgente da Band Maranhão, apresentado por Jeisael Marx.

O anunciou da proibição foi feita pelo governador através do Twitter. “Coronavírus: tendo em vista ampliação de casos em outros Estados, e reforçando medidas de proteção, vamos suspender, a partir de sábado, o transporte INTERESTADUAL de passageiros via ônibus e similares. Lembro que, a princípio, aeroportos estão sujeitos à decisão federal.” escreveu Flávio Dino.

O governador informou que terá exceção entre determinados estados. “Informo que haverá exceção no caso de regiões integradas ou metropolitanas que abranjam outro estado, como o decreto vai dispor. Será divulgado ainda hoje”, concluiu.

Decreto de calamidade pública no Brasil será votado amanhã pelo Senado

O senador Weverton (PDT-MA) será o relator, no Senado, do projeto do governo federal que decreta estado de calamidade pública no Brasil, por conta da pandemia do novo coronavírus. O relatório, a exemplo do que ocorreu na Câmara dos Deputados, será pela aprovação do projeto.
“O momento requer a união de todos”, afirmou Weverton, que é líder do PDT, partido de oposição ao governo do presidente Jair Bolsonaro. O senador acredita que não haverá oposição ao projeto, pois todos os parlamentares, independente do partido, estão conscientes da gravidade da situação.
A votação deverá ocorrer nesta sexta-feira (20), às 11h, por meio do plenário virtual. Por não estar no grupo de risco da doença, Weverton estará presencialmente no Senado para relatar o projeto.
O processo de votação ocorrerá pela internet ou por telefone. O sistema foi testado, nesta quinta-feira (19), pelos senadores Weverton, Antônio Anastasia (PSDB-MG) e Eduardo Gomes (MDB-TO).

Coronavírus: Flávio Dino anuncia ampliação do serviço testagem no Maranhão

Em entrevista à TV Mirante nesta quinta-feira (19), o governador do Maranhão Flávio Dino anunciou que vai ampliar o serviço de testagem de casos do novo coronavírus.

Atualmente a coleta é feita no Centro de Testagem no Pam Diamante, e a partir de segunda-feira (23) será disponibilizado novo ponto de coleta na Beira-mar, em São Luís e nos hospitais regionais e macrorregionais, no interior do Maranhão.

O centro de testagem já foi destaque na imprensa nacional por ser pioneiro no país, o primeiro que funciona exclusivamente para serem feitos os testes dos casos suspeitos de COVID-19.

A Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão (SES) divulgou na noite desta quarta-feira (18) que subiu para 72 o número de casos suspeitos do novo coronavírus no estado, e reforçou que até o momento não existem casos confirmados da doença no Estado.

Os pacientes suspeitos estão nos municípios de São Luís, Imperatriz, Duque Bacelar, Igarapé do Meio, São José de Ribamar e Bacabal. A secretaria afirma que eles estão sendo monitorados por equipes do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS).

Segundo a SES, 20 casos foram descartados após resultado dos exames laboratoriais e 16 foram excluídos após a investigação apontar que não atendiam os critérios de definição de caso suspeito para COVID-19. Ao todo, 108 casos suspeitos já foram notificados no Maranhão e 36 foram descartados.

Maranhão confirma 15 casos de H1 N1

Até o momento 15 casos de H1N1 foram confirmados no Maranhão por meio de exames laboratoriais, é o que diz a Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Cinco óbitos foram registrados, mas somente 1 estava caracterizado de acordo com os critérios do Ministério da Saúde. Os outros 04 seguem em investigação.

Um novo boletim sobre casos suspeitos e descartados de H1N1 será divulgado na tarde desta quarta-feira (19).

Além disso, a Secretaria orienta a todos que mantenham hábitos de higiene como a lavagem constante das mãos com água e sabão, uso de álcool em gel, cobrir boca e nariz com o cotovelo ao tossir ou espirrar.

A SES ressalta ainda que pessoas com sinais e sintomas de resfriado devem tratar o quadro em ambiente domiciliar e evitar aglomerações.

 

Antecipada campanha de vacinação contra H1N1 no Maranhão

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) anunciou nesta quarta-feira (18) a antecipação da campanha de vacinação contra a Influenza para crianças entre seis meses e 5 anos, idosos e trabalhadores da saúde. A campanha terá início na segunda-feira (23).

A meta é vacinar pelo menos 90% de cada um dos grupos prioritários. Ao total, o estado vai disponibilizar mais de 2,2 milhões de doses. As vacinas serão disponibilizadas em postos de saúde de todo o Maranhão e já começaram a ser distribuídas nas 18 Unidades Regionais de Saúde (URS).

A vacina previne contra três tipos de vírus Influenza, sendo dois do tipo A (H1N1 e H3N2) e um do tipo B.

O pedido de antecipação da campanha foi feito pelo Ministério da Saúde. A infecção pela doença pode levar ao agravamento dos casos e a morte especialmente em pessoas que apresentam fatores ou condições de risco como crianças, gestantes, adultos com 60 anos ou mais, portadores de doença

Câmara municipal de São Luís limita circulação de servidores

O presidente da Câmara de vereadores, Osmar Filho (PDT), determinou uma série de medidas de prevenção contra o novo coronavírus.

Nesta quarta-feira (18), o clima foi de recesso na casa parlamentar, pois foi registrado baixo número de servidores trabalhando, mas tudo isso faz parte das medidas do parlamento.

As sessões parlamentares da casa foram reduzidas, o que antes eram realizadas de segunda a quarta, agora serão apenas às terças.

A ideia é prevenir e evitar a contaminação.

 

 

Hospital São Domingos desmente fake news sobre caso de coronavírus

A assessoria de comunicação do Hospital São Domingos divulgou nota nesta quarta-feira (18) desmentindo a falsa notícia de caso de coronavírus sendo tratado na unidade hospitalar.

A nota oficial do Hospital informa que dois (2) pacientes estão sendo monitorados com sintomas similares ao Covid-19, mas não existe confirmação de nenhum teste positivo realizado no São Domingos.

Novo boletim confirma que Maranhão não tem caso de coronavírus

O governo do Maranhão divulgou nesta segunda-feira (16) novo boletim de monitoramento sobre o COVID-19 no Estado.

Maranhão continua sem nenhum caso confirmado da doença.

Veja abaixo nota na íntegra:

O boletim de monitoramento da Secretaria de Estado da Saúde (SES) aponta que mais sete casos foram descartados para COVID-19. Neste momento, o Maranhão monitora 17 casos suspeitos da doença.

Os sete casos descartados, com resultado negativo para COVID-19, emitido por laboratório credenciado pelo Ministério da Saúde (MS), foram: mulher, de 43 anos, com histórico de viagem para Brasília; homem, de 44 anos, contato com caso suspeito; adolescente feminino, de 17 anos, contato com caso suspeito; adolescente feminino, de 14 anos, contato com caso suspeito; adolescente masculino, de 13 anos, contato com caso suspeito; homem, de 77 anos, contato com caso suspeito, e mulher, de 71 anos, contato com caso suspeito.

A SES comunica que dos 10 novos casos notificados ao Ministério da Saúde, nesta segunda-feira (16), dois foram descartados.

Os 17 casos suspeitos, todos em isolamento domiciliar, são acompanhados por equipes do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS), sendo que 15 foram registrados em São Luís, um em Caxias e um em Imperatriz.

CASOS DESCARTADOS:
1. Mulher, de 43 anos, com histórico de viagem para Brasília
2. Homem, de 44 anos, contato com caso suspeito
3. Adolescente feminino, de 17 anos, contato com caso suspeito
4. Adolescente feminino, de 14 anos, contato com caso suspeito
5. Adolescente masculino, 13 anos, contato com caso suspeito
6. Homem, de 77 anos, contato com caso suspeito
7. Mulher, de 71 anos, contato com caso suspeito

NOVOS CASOS SUSPEITOS:

1. Homem, de 31 anos, com histórico de viagem para São Paulo
2. Mulher, de 34 anos, contato com caso suspeito
3. Homem, de 29 anos, com histórico de viagem para São Paulo
4. Mulher, de 31 anos, com histórico de viagem para Itália, Madri e Egito
5. Mulher, de 40 anos, com histórico de viagem para Itália, Madri e Egito
6. Homem, de 50 anos, contato com suspeito
7. Homem, de 36 anos, com histórico de viagem aos EUA
8. Mulher, de 35 anos, contato com caso confirmado em Fortaleza

DEMAIS CASOS SUSPEITOS:

9. Mulher, de 38 anos, procedente de Fulda (Alemanha)
10. Homem, de 19 anos, procedente de Del Leste Paraguay, com escala em São Paulo
11. Mulher, de 58 anos, contato com casos suspeito
12. Mulher, de 24 anos, histórico de viagem para França, Polônia, Varsóvia e Portugal
13. Homem, de 31 anos, histórico de viagem pra São Paulo
14. Mulher, de 32 anos, histórico de viagem para França, Holanda e Bélgica
15. Mulher, de 64 anos, contato com suspeito
16. Homem, de 34 anos, com histórico de viagem para Nova Iorque
17. Homem, de 21 anos, com histórico de viagem pela Europa

 

NOTAS DO DIA

NOVO COORDENADOR

A bancada parlamentar federal do Maranhão voltará a se reunir nesta semana para definir o nome do novo coordenador da Bancada do Maranhão, atualmente comandada pelo deputado Juscelino Filho (DEM). A disputa gira em torno de dois nomes: André Fufuca (PP) e Júnior Lourenço (PL).

ELEIÇÕES 2020

A direção Nacional do PT emitiu resolução sobre as eleições de 2020 e definiu que em todas as capitais do Nordeste, devem ter prioritariamente candidaturas própria a prefeito. Em São Luís, o PT diz ter quatro pré-candidaturas – o vereador Honorato Fernandes, o presidente da MOB, Lawrence Melo, o deputado estadual Zé Inácio e a dirigente nacional Cricielle Muniz, mas nenhuma de consenso.

JOSÉ SARNEY

O ex-presidente José Sarney concedeu entrevista nesta segunda-feira (16) à Roberto D’Ávila sobre situação política nacional. Sarney avaliou como negativa a postura de Jair Bolsonaro quanto ao coronavírus e ressaltou que o Brasil poderia implantar o parlamentarismo. A entrevista vai ao ar nesta segunda às 23h30, na Globonews.

CORONAVÍRUS

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Otehlino Neto (PCdoB) suspendeu a sessão plenária desta segunda-feira (16). A decisão foi uma medida de segurança contra o avanço do coronavírus no estado.