Rede Maranhense de Empreendedorismo apresenta projetos para Secretaria de Educação

Os membros da Rede Maranhense de Empreendedorismo (Reme) foram recebidos na tarde de terça-feira (17), para uma reunião na secretaria de Estado de Educação. No encontro, os diretores apresentaram ações e projetos para a secretária adjunta de Educação, Rosyjane de Paula.

“Viemos propor parcerias que possam beneficiar nossos estudantes. A Reme nasceu com o objetivo de levar o debate para nossos jovens nas comunidades, nas periferias e é dentro das escolas que desejamos ter esse primeiro contato”, afirmou Brandão Neto, presidente da Reme.

Entre as ações propostas estão a realização de palestras que debatam empreendedorismo, economia criativa e o papel do jovem no mercado empreendedor dentro das escolas públicas. Além de cursos com uma duração maior, que proporcionem ao jovem a oportunidade de se profissionalizar em uma área de atuação.

Uma outra proposta defendida pela Reme é que unidades do Farol do Saber sejam usadas para a promoção do debate do empreendedorismo. O projeto apresentado é que jovens empreendedores, dirigentes de startups e empresas juniores possam usar esses espaços. O desejo da Reme, é que, em um espaço colaborativo, com recursos tecnológicos, jovens e estudantes da rede pública de ensino possam debater ações que ajudem o Maranhão a melhorar seus índices na educação, saúde e indicadores sociais.

A secretária Rosyjane de Paula ficou satisfeita em conhecer as propostas da Rede Maranhense de Empreendedorismo e afirmou que a secretaria vai analisar todas as propostas o mais rápido possível para que nossos estudantes sejam beneficiados e que as ações se somem aos trabalhos já executados pela Seduc. “É uma determinação do governador Flávio Dino e do secretário de Educação, Felipe Camarão, que, além dos investimentos na construção e reformas de escolas, a gente invista na qualidade do ensino público maranhense, os resultados já estão sendo colhidos, com ações inovadoras como essas a gente tem certeza que iremos colher mais frutos”, afirmou Rosyjane.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *