Arquivado inquérito Sarney, Jucá e Renan

 

Atendendo a pedido de Rodrigo Janot, Edson Fachin decidiu arquivar inquérito para investigar se Renan Calheiros, Romero Jucá, José Sarney e o ex-diretor da Transpetro Sérgio Machado agiram para atrapalhar a Lava Jato. Em uma das conversas gravadas por Machado, Jucá dizia que era necessário “estancar a sangria”, se referindo aos vazamentos e insvestigações.

A investigação havia sido aberta em maio do ano passado após a divulgação de gravações entregues por Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, a subsidiária de gás natural da Petrobras.

As conversas gravadas por Machado, que posteriormente viria a assinar acordo de delação premiada com a PGR, representaram o primeiro grande escândalo do governo Michel Temer e resultaram na queda de Romero Jucá como ministro do Planejamento.

Na tarde de hoje (10), o deputado federal Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), relator da denúncia contra o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria Geral), recomendou que a Câmara rejeite o prosseguimento do processo. O relator do processo  pede arquivamento dessa segunda denúncia contra Temer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *