“Em 15 dias foram 10 descarregamentos de material ilícito naquele porto”, afirma Jefferson Portela

As investigações sobre o caso da organização criminosa envolvendo policiais militares e civis ganharam força no final de semana. O secretário de segurança Jefferson Portela disse hoje (26) que mais pessoas foram ouvidas nos últimos dias.

“Eles avançaram muito, hoje pela manhã muitas pessoas já foram ouvidas e outras serão ouvidas pela parte da tarde. Exatamente para identificar outros envolvidos nesta organização criminosa. Nós já vimos que em 15 dias foram 10 descarregamentos de material ilícito naquele porto. Se imaginava que era 1 carga, mas, na verdade, descobrimos que foram 10 cargas em 15 dias. O bom é que esta carga já foi apreendida num galpão da Vila Esperança. Para se ter uma ideia do volume, hoje pela manhã ainda foi removido wiskeys e cigarros daquele galpão.” Revelou o secretário.

O secretário também explicou porque ainda não ouviu o delegado de polícia, Tiago Bardal, que foi exonerado no último dia 22 do cargo de Superintendente de Investigações Criminais. Reveja aqui.

Durante a entrevista o secretário também afirmou que outras pessoas ligadas à secretaria podem estar envolvidas no esquema de contrabando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *