Depois da insistência, Maura Jorge pode ter cargo no governo Bolsonaro

A ex-prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge (PSL), participou de um encontrou com o presidente Jair Bolsonaro (PSL), ao lado do Senador Roberto Rocha (PSDB). Ao que tudo indica, a ex-candidata ao governo do Maranhão pelo PSL pode ter conseguido, enfim, um espaço no governo Bolsonaro. Só não se sabe ainda qual vaga…

Maura Jorge se apresenta em suas redes sociais como representante no Maranhão do Presidente da República, mas até agora não tinha sequer sinalização de uma vaga dentro do atual governo, mas nesta semana, a luz começa a surgir ao final do túnel.

Em nota, a assessoria da ex-prefeita confirma as tratativas com o presidente Bolsonaro para fazer parte da equipe de governo, mas não informa qual vaga deve ser ocupada, nem tão pouco se será no Maranhão ou em Brasília. Veja abaixo a nota na íntegra

Nota à imprensa

A assessoria da ex-candidata a governadora Maura Jorge vem, por meio desta, informar que:

– Maura Jorge (PSL) esteve reunida com o presidente Jair Bolsonaro (PSL) na última semana, em Brasília.

– Maura Jorge e o senador Roberto Rocha (PSDB) participaram da reunião, pois acreditam que somente com uma oposição forte e unida será possível mudar o atual quadro do estado do Maranhão, com famílias ainda vivendo abaixo da linha da pobreza, sofrendo com a pior expectativa de vida do país e com o desemprego.

– A reunião com o presidente Bolsonaro teve como mote o estado do Maranhão. Maura Jorge apresentou ao presidente os dados mais urgentes, como os citados acima, e recebeu de Bolsonaro a garantia de que o Governo Federal está atento a esses problemas e fará o que for possível para alterar esse quadro.

– Durante a reunião, Maura Jorge recebeu de Bolsonaro o convite formal para integrar o seu Governo, em Brasília ou no Maranhão, ficando a cargo de uma decisão pessoal de Maura Jorge.

– A ex-candidata se sente honrada com mais essa missão confiada a ela pelo presidente, e deve informá-lo sobre qual será sua decisão.

– Maura Jorge reitera que não entrou nessa luta por qualquer cargo ou posição, mas por acreditar num ideal. “Essa minha caminhada nunca foi por ambição pessoal, se eu estivesse em busca de mandato ou de poder, poderia ter me candidato a deputada federal ou estadual, e certamente seria eleita pelo povo do Maranhão que tantas vezes já me honrou com seu voto de confiança. Mas estamos aqui por um propósito, que é ajudar o presidente Bolsonaro a levar o Brasil e o Maranhão à posição de destaque que merecem,
com sua gente tendo emprego e qualidade de vida”, afirma.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.