Sérgio Moro pede afastamento do cargo

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, solicitou afastamento de cinco dias “para tratar de assuntos particulares”. O despacho presidencial autorizando o afastamento foi publicado, nesta segunda-feira (8), no Diário Oficial da União (DOU). A licença corresponde ao período entre os dias 15 a 19 de julho.

Segundo o Ministério da Justiça, Moro já havia acertado, previamente, com o presidente Jair Bolsonaro (PSL) para tirar “férias” com a família. O ministro não receberá salário pelos dias que ficará afastado.

Durante os cinco dias, Moro será substituído pelo secretário executivo Luiz Pontel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *