Pedida interdição dos prédios Provence e Toscana do condomínio Jardim

MPMA pediu a interdição do condomínio Jardins

Os moradores de dois subcondomínios da Cyrela vão ter que ser removidos por decisão do Ministério Público do Maranhão. Segundo o MPMA existem diversas irregularidades constatadas na estrutura do Jardim de Provence e Jardim de Toscana, em São Luís. A decisão divulgada hoje (20) foi pra interdição dos prédios.

As ações resultaram de uma força-tarefa do Ministério Público e pedem a imediata interdição dos subcondomínios, com a evacuação dos moradores até a conclusão das obras.

O Jardim de Provence possui 384 unidades residenciais, e o Jardim de Toscana, 288.

Em caso de descumprimento de qualquer uma das medidas, foi sugerido o pagamento de multa diária com valor não inferior a R$ 10 mil.

Lembrando que parlamentares acompanham de perto as denúncias dos condôminos, inclusive com audiências que tiveram participação dos moradores de condomínios da Cyrela, mas resultado na prática quem apresenta mesmo é o Ministério Público do Maranhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *