Partidos do Maranhão se unem ao movimento de resistência à prisão do ex-presidente Lula

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva decidiu que não vai viajar à Curitiba para se entregar à Polícia Federal. Lula passou a noite no Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo (SP) com os filhos, amigos e dirigentes do PT, e lá pretende ficar durante o dia.

No Maranhão, os partidos PCdoB, PT e PDT  uniram-se à resistência do presidente Lula à prisão considerada ilegal e arbitrária. Hoje (06) vai ser concedida uma coletiva à imprensa com as presenças dos presidentes do PCdoB, Márcio Jerry; do PDT, Weverton Rocha; e do PT, Augusto Lobato, na sede do PT, no Cohafuma.

A expectativa é que durante todo o dia de hoje, em vários estados do país, sejam registradas manifestações de apoio ao ex-presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *