Governador Flávio Dino participa de reunião com enviado especial da Cop-26

“Temos conversado muito sobre esse contexto, que marca as exigências e compromissos internacionais que o Brasil assumiu, e são nossos também, para que essas metas sejam consistentes e executáveis. Vemos a necessidade do país atuar, ainda mais, nos compromissos de vários sistemas normativos, entre os quais, este das mudanças climáticas”, disse o governador Flávio Dino, iniciando sua participação na reunião dos Governadores da Amazônia Legal.

O evento virtual, realizado nesta quinta-feira (29), foi acompanhado pelo governador Flávio Dino, do Palácio dos Leões. A reunião foi direcionada ao enviado especial pelo governo britânico, da Conferência das Partes (Cop-26), John Murton. A COP-26, que será em novembro deste ano, integra tratado internacional estabelecido pela Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima (CQNUMC). É a maior autoridade nas decisões sobre controle de emissão dos gases do efeito estufa.

O governador pontuou iniciativas do Maranhão e em conjunto com os estados da Amazônia Legal, destacando o trabalho no controle ambiental, no que refere ao Cadastro Ambiental Rural (CAR); e o plano de ações do Consórcio de Governadores, o Plano de Recuperação Verde (PRV), em fase final de validação e com quatro eixos definidos – combate ao desmatamento ilegal, produção sustentável, tecnologia verde/capacitação de profissionais e infraestrutura verde.

“Na Cúpula dos Líderes, semana passada, houve evolução na apresentação de metas do Governo Federal e consideramos positivos. Procuramos com que, no nosso estado, isto se traduza em ações concretas., na elaboração de um plano de incentivos econômicos, pois, a nossa região amazônica tem indicadores de desenvolvimento humano desafiadores. A floresta é um grande ativo econômico que temos e não acreditamos na abordagem da temática do combate do desmatamento ilegal apenas com comando e controle, mas também, com ativos financeiros”, frisou Dino.

John Murton, por sua vez, parabenizou o que classificou de “trabalho impressionante sobre a agenda climática”, apresentado pelo governo maranhense. “Nos países europeus, enquanto as pessoas trabalham para garantir a sustentabilidade da floresta no mundo, temos que dar o apoio para que isso aconteça. Interessante ouvir do governador Flávio Dino sobre o Plano de Recuperação Verde, seus eixos e estamos ansiosos em trabalhar com o desenvolvimento e fazer o acompanhamento destes eixos”, pontuou Murton. Participaram do evento, governadores da Amazônia Legal e convidados.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *