Servidores da saúde do Maranhão são apontados por desvio de vacinas da Covid-19

Vacina, vacinação,seringa, covid 19

Operação da Polícia Federal (PF) indiciou dois profissionais da Saúde Indígena do Maranhão, por desvio de doses da vacina coronavac. Os suspeitos são uma técnica de enfermagem e um enfermeiro.

O caso ocorreu no Polo Base de Barra do Corda e segundo a investigação, a vacina foi aplicada em familiares dos suspeitos. Em depoimento à polícia, a técnica de enfermagem confessou o crime. Os parentes vacinados também confirmaram o recebimento indevido das doses.

A técnica de enfermagem foi indiciada pelo crime de peculato; o enfermeiro, por crime de peculato a título de omissão imprópria, pois tinha o poder e o dever de agir para impedir a vacinação irregular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *