92 crianças vítimas de estupro de vulnerável, até 11 de outubro

Em São Luís, segundo a Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente, de janeiro até o dia 11 de outubro, foram contabilizados 92 casos de estupro de vulnerável.

O relatório apontou ainda, 13 registros de importunação sexual, 21 pedidos de prisões ao judiciário envolvendo o abuso de crianças e 688 investigações foram instauradas pela polícia para apurar violência contra crianças e adolescentes.

Segundo o documento, crianças e adolescentes são as principais vítimas da pandemia. No caso das meninas, o percentual é mais que o dobro em relação aos meninos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.