Servidores do Detran completam sete dias de paralisação

Em seu sétimo dia, a greve dos servidores do Detran-MA não tem qualquer indício de acordo ou conversas para chegar ao fim. A categoria paralisou as atividades, reivindicando benefícios diversos, entre estes reajuste salarial e auxílio alimentação.

Iniciativa do Sindicato dos Servidores do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Sindsdetran) e Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público (Sintsep), a greve é considerada ilegal pela Justiça. Mas, mesmo com a proibição, a categoria segue parada.

Apesar da greve, o Detran-MA não deixou de atender. Estão funcionando os serviços na sede, localizada na Vila Palmeira, nos Postos Avançados e também nas 15 Ciretrans distribuídas pelos municípios. Apesar do funcionamento ocorrendo, o público reclama de demora nos atendimentos.

A diretoria do órgão informa que direitos estão sendo pagos, a exemplo do auxílio-alimentação e que não concede reajuste em função da Lei Complementar 173/2020. Por essa norma, aumentos ao funcionalismo público só poderiam ser concedidos a partir de 31 de dezembro de 2021.

Disse ainda que sempre esteve à disposição para conversar com os sindicatos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.