Ampliada vacinação contra Covid-19 no Maranhão

Novos públicos foram incluídos no cronograma de vacinação contra a Covid-19, no Maranhão. Profissionais da comunicação, engenheiros, arquitetos, indústria e construção civil agora estão no grupo de prioridades. A medida do Governo do Estado foi possível com o recebimento de 300 mil doses extras de vacinas e pode se estender a outros segmentos profissionais. Em coletiva, nesta sexta-feira (4), o governador Flávio Dino reforçou a ampliação dos grupos e novas medidas de combate à doença.

Com a ampliação do público, o Governo aumentou o número de postos para imunização. No Shopping Pátio Norte, pessoas com 40 anos ou mais, podem vacinar, das 8h às 20 horas. Em ação parceira com o Governo, o Sesi Araçagy atende arquitetos, engenheiros, construção civil e indústria, nesta sexta, das 8h às 17h; e no sábado (5), das 8h às 12 horas. Precisa estar cadastrado pelo conselho profissional do qual faz parte. Sesi Móvel e IEMA Cintra também são pontos de vacinação.

As medidas restritivas foram prorrogadas para até 14 de junho. Eventos com até 100 pessoas são permitidos até 23h; administração pública estadual e igrejas, funcionando com 50% da capacidade de pessoas; grupos de risco imunizados podem retornar ao trabalho, exceto gestantes; comércio e indústria, das 9h às 21h; bares e restaurantes, até as 23h; supermercados, das 6h às 0 horas. Os estabelecimentos, em geral, devem funcionar com 50% da capacidade.

Novas medidas anunciadas referem à suspensão de eventos do Governo do Estado até domingo (6); eventos privados e municipais, prefeitos decidem conforme realidade local; e a fiscalização diária dos protocolos sanitários. Em apoio ao segmento da cultura, artes e eventos, o Governo lançara novos editais da Lei Aldir Blanc, com investimentos de R$ 30 milhões. Pela lei, é concedido auxílio financeiro a esse segmento, para amenizar os prejuízos com a Covid-19.

 

Dino anunciou ainda reserva para a segunda dose da vacinação. “Estamos mantendo, aproximadamente, 700 mil doses para essa finalidade”, informou. Flávio Dino pontuou outros esforços para compra de vacinas, a exemplo das tratativas na aquisição da Sputnik, da Rússia; abertura de mais leitos de UTI em Grajaú (10) e São Luís (20); e UPAs da Ilha para atendimento do coronavírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *