TRE acata denúncia contra Weverton Rocha por propaganda antecipada

Decisão liminar no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA), emitida nesta quinta-feira (19), aciona o senador Weverton Rocha (PDT), que é pré-candidato ao Governo do Maranhão, por propaganda eleitoral antecipada. O TRE-MA entendeu que o uso de um ônibus plotado para ações do interior do estado configura o ato irregular neste período vedado. O veículo seria um ‘outdoor móvel’, conduta vedada pela legislação eleitoral brasileira.

Na denúncia, o TRE-MA diz que “o demandado [Weverton Rocha] é notório pré-candidato ao cargo de governador, estando a se utilizar de ônibus completamente plotado com a seguinte frase na lateral e em grande escala “Weverton – sempre com a gente” e na traseira o nome e símbolo do partido PDT”.

A liminar foi deferida pela juíza Anna Graziella Santana Neiva Costa, que determinou a retirada imediata da plotagem e multa diária de R$ 1 mil por descumprimento. A representação partiu do diretório estadual do PSB.

Weverton Rocha explica retirada de assinatura de CPI que investigaria governo Bolsonaro

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigaria possíveis esquemas de corrupção no Ministério da Educação (MEC), do governo de Jair Bolsonaro (PL), corre risco de ser engavetada. Três senadores retiraram as assinaturas, entre eles, o senador maranhense Weverton Rocha (PDT). Nesta segunda-feira (11), o senador explicou a atitude.

“Cheguei a assinar o documento da CPI, mas imediatamente após assinar, ao examinar melhor a questão, entendi que a CPI caminhar ia numa linha tênue entre a necessária apuração de corrupção no governo e a exposição de parte da comunidade evangélica que busca recursos para seus trabalhos. Então, comuniquei ao senador Randolfe que não subi escreveria, razão pela qual minha assinatura nem chegou a subir no sistema”, justificou Weverton Rocha.

Além de Weverton, retiraram as assinaturas os senadores Oriovisto Guimarães (Podemos/PR) e Styvenson Valentim (Podemos/AC).

Para ser protocolada, a CPI precisaria ter, no mínimo, 27 assinaturas – mas, após a retirada, conta com apenas 24 nomes.

É de autoria do senador Randolfe Rodrigues (REDE/AP) o pedido de abertura da CPI. O objetivo é investigar supostos esquemas de corrupção que envolveriam o ex-ministro do MEC, Milton Ribeiro, o presidente Jair Bolsonaro, pastores e prefeitos.

“Sou pela unidade política”, diz Eliziane Gama, sobre apoio a Carlos Brandão

A senador Eliziane Gama (Cidadania) falou sobre sua decisão em declarar apoio ao governador Carlos Brandão (PSB). Prevaleceu a decisão de grupo, disse o a parlamentar, durante entrevista a emissora de tv local, nesta segunda-feira (11).

“Precisamos entender o que é o processo político e é a unidade de forças. Estamos com o grupo do governador Flávio Dino, temos um alinhamento e desde 2006 estamos juntos. Em 2018, ganhamos de forma conjunta, incluindo o senador Weverton Rocha”, lembrou.

Eliziane defendeu a união partidária. “Nós entendemos ser importante a unidade do grupo e por isso, apoiamos o governador Carlos Brandão. E esperamos estarmos todos juntos nestas eleições. Da minha parte, não houve mudança. Estamos dentro do mesmo grupo político. Seria mudança se eu saísse do grupo do nosso grande líder, que é o Flávio Dino”, afirmou.

Ela também pontuou esperar que o senador reveja sua decisão para estas eleições. “Espero e tenho a expectativa e esperança dessa unidade. Acho legitima a pré-candidatura dele a governador, mas, acredito que ele ainda venha para o grupo. O senador Weverton é um homem de grupo. Mas, se ele entender que deve continuar com sua pré-candidatura, permanecerá com todo o direito e respeito que ele merece”, afirmou a senadora.

Eliziane Gama deixa foguete de Weverton e faz apelo para senador abandonar pré-candidatura

A senadora Eliziane Gama desistiu do projeto do senador Weverton Rocha de disputar o governo do Maranhão. O anúncio foi feito através do Twitter, nesta quinta-feira (7). Eliziane destacou a aliança que sempre teve com o ex-governador Flávio Dino.

Depois da mudança de apoio anunciada pelo presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto, que passou a apoiar Carlos Brandão na corrida eleitoral, agora foi a vez de Eliziane anunciar a troca de lado.

Destaco o convite que ele me fez pra integrar sua chapa como Senadora em 2018. Ao lado de Weverton Rocha e Carlos Brandão, nosso campo político teve uma grande e histórica vitória. Nas últimas semanas busquei com toda dedicação a unidade do nosso grupo. Respeito a decisão do colega Weverton em continuar com sua candidatura, mas vou pela unidade, reafirmando nosso apoio ao amigo Flávio Dino ao Senado e pra governador apoiaremos Carlos Brandão em nome do desenvolvimento do MA implantado pelo gov Flávio Dino. Finalizo deixando mais uma vez meu apelo ao colega Weverton Rocha para que fique conosco, em nome da unidade e do progresso do Maranhão, nesse grande projeto comandado por nosso líder Flávio Dino” desabafou a Senadora.

O anúncio da senadora surpreendeu militantes pedetistas, pois, ela chegou a declarar que apoiaria o senador Weverton Rocha (PDT), pré-candidato ao Governo e adversário de Brandão na disputa.

Com mais esse apoio, Brandão consolida sua base para as eleições 2022.

 

Weverton responde Eliziane

O senador Weverton Rocha (PDT) respondeu, em suas redes sociais, ao post da colega de parlamento, Eliziane Gama (Cidadania), nesta quinta-feira (7). Também hoje, em suas redes sociais, a senadora declarou apoio ao governador Carlos Brandão (PSDB) para estas eleições.

O pedetista disse respeitar a decisão da parlamentar e fez críticas às nomeações do secretariado de Governo. Ele afirmou ainda que continua pré-candidato ao governo estadual.

No post, Weverton diz entender a posição da senadora e que permanece pré-candidato ao Governo do Estado. Fala ainda em “segundo turno”, no qual aguardará a mudança de opinião de Eliziane para que esta volte a apoiá-lo.

A perda do apoio da senadora foi mais um duro golpe para Weverton, que tinha como certa essa aliada à sua pré-candidatura nestas eleições.

Ao longo das semanas, Weverton vem lidando com várias debandadas do seu projeto político. Mesmo assim, ele continua reafirmando que permanece na corrida ao Palácio dos Leões.

Brandão sai na frente na preferência do eleitor para Governo do Maranhão, mostra Escutec

O Instituto Escutec realizou nova pesquisa de intenções de votos, que mostra a liderança de Carlos Brandão (PSB) na disputa para o Governo do Estado, nas eleições deste ano. Os números foram divulgados neste sábado (2) e mostram índices no cenário estimulado, quando os nomes dos pré-candidatos são apresentados para o eleitor.

Neste cenário, Carlos Brandão aparece com 22% e em seguida, vem o senador Weverton Rocha (PDT), com 21%. O ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PSD), aparece com 12%; o senador Roberto Rocha (PTB), 10%; e o prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahesio Bonfim (Agri36), tem 9%. O ex-secretário Simplício Araújo (SD) aparece com 2% e Enilton Rodrigues (PSOL) com 1%. O pré-candidato do PSTU, Hertz Dias, não pontuou.

A pesquisa tem registro na Justiça Eleitoral com o número MA 00150/2022. Foram ouvidos dois mil eleitores, nos dias 27 de março a 1º de abril. A margem de erro é de 2,19 pontos percentuais, para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%.

Othelino Neto confirma apoio a Carlos Brandão

Mais um importante nome de peso da política maranhense declara apoio a pré-candidatura do vice-governador Carlos Brandão (PSB).ao Governo do Estado. Trata-se do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB). A confirmação veio no fim da tarde desta quarta-feira (30), em suas redes sociais.

Othelino Neto ressaltou que sua decisão teve como base a manutenção da união de seu grupo partidário, enfatizando ser um homem de grupo e  pontuou já ter conversado com senador Weverton Rocha (PDT), que também concorre ao Palácio dos leões nestas eleições.

“Nos últimos meses, lutei para construir uma unidade no grupo político que pertenço há muitos anos. Conversei com o governador Flávio Dino, o vice Carlos Brandão, o senador Weverton, a senadora Eliziane, partidos, nossas bases e cidadãos sobre a importância de seguirmos juntos. É importante unir forças contra setores sem compromisso com a continuidade dos avanços que têm sido implementados ao longo dos últimos 8 anos. Seguir com a transformação do nosso estado, acabando com as desigualdades do Maranhão continua sendo o nosso grande desafio”, disse o chefe do legislativo estadual.

Disse ainda que a sua decisão já foi informada a Weverton Rocha.

“A decisão foi tomada, não por uma escolha pessoal, mas em nome do projeto do grupo. Reitero que o senador Weverton tem muitas virtudes e respeito a sua posição de manter a pré-candidatura ao governo. Conversei com ele e já o informei sobre a minha decisão”, disse Othelino.

Apoio do PROS a Weverton gera saídas do partido

Desde a declaração de apoio da direção nacional do PROS ao senador e pré-candidato ao governo, Weverton Rocha (PDT), uma debandada de integrantes tem sido vista no partido. Pré-candidatos, que já anunciaram desfiliação da legenda, buscam outras siglas para adesão nos próximos dias.

Nomes que vão disputar as eleições proporcionais e até o ex-presidente do PROS, Francisco Carvalho, já comunicaram a intenção de sair da legenda.

Raimundo Cutrim, Jota Pinto, Victor Mendes e Waldir Maranhão são outros que anunciaram a saída do partido.

 

Fim da parceria de Othelino e Weverton deve ser definida em reunião

O presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto (PCdoB) reúne nesta quinta-feira (17), em Brasília, com o senador Weverton Rocha (PDT), para conversar sobre o fim do apoio à pré-candidatura ao Governo do pedetista. O encontro foi motivado pelas várias notícias do provável apoio do chefe do legislativo ao projeto do vice-governador Carlos Brandão, que também é pré-candidato ao Governo do Estado nestas eleições.

Durante a disputa pela Prefeitura de São Luís, nas últimas eleições, houve uma divisão do grupo político do governador Flávio Dino (PSB), colocando o senador e Brandão em lados opostos. À época, polarizavam na corrida eleitoral o deputado estadual Duarte Junior (PSB) e o agora prefeito da capital, Eduardo Braide (Podemos).

Ocorre que, alguns não aceitaram a aliança com Duarte, entre eles, Othelino. O presidente da Assembleia ensaiava ali um distanciamento do grupo Dino, chegando a suscitar apoio ao candidato da oposição.

Nas articulações para a disputa eleitoral deste ano, Othelino havia sinalizado que trocaria o PCdoB pelo PDT. Mas, esta semana, um movimento mudou as expectativas. A reunião de hoje dirá o futuro deste impasse…

Yglésio diz que Weverton deve desistir da candidatura ao Governo

O deputado Yglésio Moyses (Pros) usou as redes sociais para apontar uma possível solução para a candidatura do senador Weverton Rocha (PDT), ao Governo do Estado nesta eleições. Ele afirmou que o pedetista deve compor grupo com Brandão nas eleições deste ano.

Yglésio Moyses frisou que alguns membros do PDT deixaram de apoiar o senador para ficar ao lado de Brandão.

“Com o esvaziamento da candidatura de Weverton Rocha, ideal seria ele compor com o grupo de Carlos Brandão, tendo Othelino (Neto) como candidato ideal a vice-governador. Othelino é experiente e de grupo. Primeira vaga de suplente de senado iria pro PT. Vitória em 1 ( primeiro) turno”, disse o deputado.