Flávio Dino segue liderando pesquisas para o Senado

O governador Flávio Dino (PSB) vem liderando todas as pesquisas de intenções de votos para as eleições deste ano. Pré-candidato ao Senado, ele tem saído na frente, disparado e com bastante folga do segundo nome da lista. Em pesquisa divulgada neste sábado (26), pelo Instituto Exata, Dino aparece 51% das intenções de votos.

Em segundo lugar está o senador Roberto Rocha (sem partido), que ficou com 20%, seguido pelo ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PSD), com 10%. Ainda na lista, o pré-candidato ao Senado do Psol, Saulo Arcangeli, Paulo Romão (PT) e Antônia Cariongo teriam 1%, cada um. Não sabem ou não responderam 7% dos eleitores e 9% disseram que votariam em branco ou nulo.

Em um cenário onde apenas Flávio Dino e Roberto Rocha concorressem ao Senado, o governador pontuaria ainda mais e sairia bem à frente com 56% das intenções de voto. Roberto Rocha teria 27%. Brancos e nulos somariam 11% e 6% não souberam ou não quiseram responder.

Em um terceiro cenário de disputa, com Dino e Edivaldo Holanda Júnior, o governador teria 57% e o ex-prefeito de São Luís teria 21%.

A pesquisa foi realizada no período de 15 e 19 de março, ouvindo 1.400 pessoas e com o registro no Tribunal Superior Eleitoral MA-02272/2022). O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erros é de 3,44 para mais ou para menos.

Lula tem 43% contra 29% de Bolsonaro em segundo turno, diz pesquisa

A primeira rodada da pesquisa BTG/FSB consolida a vitória disparada de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) contra o presidente Jair Bolsonaro (PL), na corrida por uma vaga no segundo turno. O petista aparece com 43% das intenções de voto, contra 29% do atual presidente.

Todos os demais sete nomes somam, juntos, apenas 24%. Nessa terceira via, quem aparece melhor é Ciro Gomes, com 9%, seguido de Sérgio Moro, com 8%, João Doria e Eduardo Leite têm 2%, Simone Tebet, 1% e Felipe D’Ávila, que não pontua.

No cenário estimulado, apenas 5% dos eleitores não escolhem nenhum dos nomes.

Na disputa de segundo turno, Lula aparece com 54%, contra 35% de Bolsonaro. Nessa simulação, apenas 11% dos eleitores não votariam em um dos dois.

O Instituto FSB ouviu duas mil pessoas, de 18 a 20 de março, e a pesquisa está registrada no TSE sob o número BR-09630/2022.

Eleições 2022: Empate técnico entre Brandão e Weverton, aponta DataIlha

Pesquisa do instituto DataIlha, divulgada nesta terça-feira, 15, aponta empate técnico entre o vice-governador Carlos Brandão (PSDB) e o senador Weverton Rocha (PDT) na corrida pelo governo do Estado. Segundo o levantamento, Weverton tem 14,4% das intenções de voto contra 12,6% de Brandão. Em seguida aparecem Lahesio Bonfim (PTC), 9,8%; Roberto Rocha (sem partido), 9,4%; Edivaldo Holanda Jr (PSD), 8,9%; Josimar Maranhãozinho (PL), 6,1%; e Simplício Araújo (SD), 1,2%. Nenhum deles somou 20,4% e 17,4% não souberam responder.

Em outro cenário, quando é retirado o nome do ex-secretário Simplício Araújo. A disputa fica ainda mais acirrada: Weverton tem 14,7%; Carlos Brandão, 13,1%. Em seguida Lahesio Bonfim, 10,1%; Roberto Rocha, 9,5%; Edivaldo Holanda Jr., 9,5%; Josimar Maranhãozinho, 6,8%. Nenhum, 19,8%. Não sabe, 16,7%.

ESPONTÂNEA

Em consulta espontânea, quando não é apresentado nomes ao entrevistado, Carlos Brandão lidera com 5,4%. Seguem o atual vice-governador o prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahésio Bonfim (4,5%); Flávio Dino (4,1%), Weverton (3,5%), Roseana Sarney (2%), Josimar de Maranhãozinho (1,4%), Roberto Rocha (1%), candidato de Flávio Dino (0,8%), Edivaldo Holanda Junior (0,4%), Eduardo Braide (0,4%), Carlos Lula (0,2%) e Felipe Camarão (0,2%).

Senado

Para senador, a pesquisa DataIlha mostra Flávio Dino fica em primeiro lugar com índice de 49,7%. Seguem o presidente da Federação Maranhense de Municípios do Maranhão (Famem), Erlanio Xavier, com 9,9%. Não votariam em nenhum 29% e não souberam ou não responderam, pontuou com 1,4%.

Em outro cenário, considera de Flávio Dino disputaria a vaga ao Senado com Lahésio Bonfim. O governador venceria com 46,2% e o prefeito de São Pedro dos Crentes ficaria com 20,3% das intenções de votos. Não votariam em nenhum chegou a 23,3% e não souberam ou não responderam, 10,2%.

Presidência

A pesquisa DataIlha também questionou os eleitores sobre a preferência para presidência, caso as eleições fossem hoje. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), aparece disparado em primeiro lugar, com 49,8% das intenções de votos. O petista mantém a liderança. que vem sido repetida nas demais pesquisas já realizadas.

Em segundo lugar, o presidente Jair Bolsonaro (PL), com 25,7%, que, diferente do petista, vem caindo nas pesquisas. Seguem o ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, com 7,3%; o ex-juiz Sergio Moro, com 4,7%; o governador de São Paulo, João Dória, com apenas 1%. Não votariam em nenhum, ficou com 7,3% e não souberam ou não responderam, 4,4%.

O intervalo de confiança estimado da pesquisa é de 95% e a margem de erro é de +/-2,23%, para mais ou para menos.

O Instituto de DataIlha ouviu 2 mil eleitores, estratificadas por município, gênero, faixa etária, grau de escolaridade, renda e religião. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o número 00422/2022.

Pesquisa aponta deputados federais mais atuantes do Maranhão

O deputado federal Rubens Pereira Júnior (PCdoB) foi o mais atuante em 2021. É o que diz levantamento realizado no site oficial da Câmara dos Deputados. Entre projetos de lei, projetos de lei complementar e propostas de emenda à Constituição, o parlamentar apresentou 28 matérias legislativas no ano, desde que retornou ao mandato, no segundo semestre.

De acordo com Rubens Júnior, seu mandato tem a marca da produtividade mirada no interesse da população. “Estou feliz com o resultado do trabalho. Fui eleito para trabalhar pelo povo maranhense, que enxerga esperança na minha jornada. O resultado não é um mérito, mas sim o cumprimento das minhas obrigações”, disse. “É preciso ter sempre a consciência do nosso papel institucional dentro do parlamento nacional, que é a casa do povo”, completou.

 

Como membro titular da Comissão de Constituição de Justiça e de Cidadania (CCJC), Rubens teve atuação decisiva no que veio se tornar a Emenda Constitucional nº 112/21, que garante – a partir de 2022 – mais recursos a todos os municípios do Brasil por meio do Fundo de Participação dos Municípios. Ele também presidiu audiências públicas e reuniões do grupo responsável pelos estudos de modernização do regimento interno da Casa.

O segundo lugar do ranking é ocupado pelo deputado Hildo Rocha (MDB), com 14 proposições; em terceiro, Cleber Verde (Republicanos), com 10 propostas. Em quarto lugar, figuram os deputados Aluísio Mendes (Podemos), Gastão Vieira (Pros) e João Marcelo (MDB). A lista também revela que deputados como Júlio Lourenço não apresentou nenhum projeto de lei.

O levantamento completo pode ser acessado no link: https://bit.ly/341G8Ye.

Nova pesquisa mostra que Lula permanece bem à frente nas intenções de voto

Pesquisa do Inspe, contratada pela XP Investimentos, para avaliar as intenções de voto nas eleições 2022, mostrou que Lula (PT) teria 44% das intenções de voto e Jair Bolsonaro (PL), 24%, na disputa para presidente.

Os dados, mostram que Sergio Moro (Podemos) aparece em terceiro lugar, com 9% das intenções de voto, seguido por Ciro Gomes (PDT), com 7%.

João Doria (PSDB) tem 2%; Simone Tebet (MDB), 1%; Rodrigo Pacheco (PSD), 1%; e Luiz Felipe D’Ávila (Novo) tem 1%.

A pesquisa XP/Ipespe foi divulgada na última sexta e realizada entre os dias 10 e 12 de janeiro de 2022, sendo entrevistadas 1.000 pessoas com 16 anos ou mais. Segundo o instituto, a margem de erro do levantamento é de 3,2 pontos, para mais ou para menos.

Lula lidera para presidência e Bolsonaro é o mais rejeitado, diz Escutec

O Instituto Escutec mostra, em sua pesquisa divulgada na quarta (1º), que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é a preferência da maioria do eleitorado do Maranhão, para 2022.

Lula aparece com 57% das intenções de votos. Enquanto Jair Bolsonaro (PL) fica em segundo lugar, com 21%.

A pesquisa cita ainda Ciro Gomes (PDT), que aparece com 7%; Sérgio Moro, com 6%;  Eduardo Leite (PSDB), João Dória (PSDB), Luiz Henrique Mandetta (DEM) e Rodrigo Pacheco (PSD), empatam com 1%. Não votariam em nenhum 2% e 3% não responderam ou não sabiam.

Bolsonaro é o mais rejeitado. Ele pontuou com 60%. O ex-presidente Lula aparece com 21%.

Seguem Ciro Gomes (3%), João Dória e Sérgio Moro (2%) e Henrique Mandetta e Rodrigo Pacheco (1%). No quesito rejeição, Eduardo Leite não foi citado. Um total de 4% disseram que não votariam em nenhum e 6% não souberam ou não quiseram responder.

Foram entrevistados dois mil eleitores, de 23 a 27 de dezembro. O intervalo de confiança da pesquisa é de 90% e a margem de erros é de três pontos percentuais para mais ou para menos.