STF determina bloqueio do Telegram

O Telegram deves ser suspenso em todo o Brasil. A decisão é do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, emitida na tarde desta sexta-feira (18). A ordem atende pedido da Polícia Federal e foi encaminhada a plataformas digitais e provedores de internet.

O aplicativo não atendia decisões judiciais para bloqueio de perfis apontados como disseminadores de informações falsas, por isso, a Polícia Federal pediu sua suspensão. Segundo a polícia o Telegram usa a “atitude não colaborativa” com autoridades “como uma vantagem em relação a outros aplicativos de comunicação, o que o torna um terreno livre para proliferação de diversos conteúdos, inclusive com repercussão na área criminal”.

A ordem para o bloqueio do aplicativo de mensagens ainda está em fase de cumprimento. As empresas estão sendo notificadas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Justiça autoriza circulação de 60% da frota de ônibus em São Luís

O Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (TRT-MA) autorizou a circulação de 60% da frota de ônibus na Grande São Luís, durante a greve dos rodoviários que ainda se mantém. A decisão é da desembargadora Solange Cristina Passos de Castro. Foi determinada multa diária por descumprimento da decisão em R$ 50 mil. A decisão entrou em vigor hoje (24).

A desembargadora considerou que “o objetivo da decisão da Justiça do Trabalho deve ser a persecução do equilíbrio de forças das partes litigantes e a garantia de manutenção do direito ao serviço de transporte público à população, direito este que transcende aos interesses, embora legítimos e legais, das partes processuais”. Ela considerou ser “evidente, a intransigência das partes em pôr fim ao presente conflito”.

Ela também determinou a suspensão da ordem de execução imediata da multa diária ao sindicato, imposta em decisão anterior.

Os ônibus voltaram a circular no último sábado (19) após quatro dias de paralisação na Região Metropolitana da capital.

Base governista reúne para confirmar representante nas eleições

O nome do vice-governador Carlos Brandão (PSDB) será confirmado como representante da base de partidos que apoiam o governador Flávio Dino (PSB), em reunião marcada para a noite desta segunda-feria (31).

O momento é esperado pelos aliados e também, por outras legendas, que, com a confirmação, poderão definir rumos a tomar para o pleito eleitoral deste ano.

O tucano vem sendo defendido pelo governador, desde o dia do anúncio, feito há dois meses. Agora, deve-se apenas reforçar essa decisão e formular estratégias para alavancar, ainda mais, o nome de Brandão.

O governador se mostra confiante com a certeza de ter feito a melhor escolha para a base de partidos aliados. Brandão é histórico do grupo, fiel às propostas de governo que vêm sendo implementadas e mostrou que esse continuará sendo o caminho a seguir. O foco é a união partidária e que se manterá com ele.

A reunião desta noite dirá.